Visitantes

contador de acesso grátis

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Se não tiver solução, seja um gordinho feliz.

Hoje em dia muitos são os problemas para quem tem excesso de peso e como eu e muitos outros temos dificuldade para perder peso.
Dois são os principais problemas: dificuldade de emagrecer e facilidade de engordar.
Acho que temos em nosso organismo um gene de urso polar, ou seja, nosso organismo acha que vamos hibernar e guarda que consumimos para sobreviver ao inverno, mas ele esquece que não hibernamos e por isso engordamos cada vez mais.
Nos que temos o problema de engordar fácil, devemos ter também problemas oftalmológicos, pois basta olhar uma lasanha, uma picanha que nossa visão até parece a do super-homem.
Ultimamente minha vida é como sanfona, engordei, emagreci, engordei, emagreci, como qualquer sanfona histérica. O caso é que nesse engorda-emagrecer engorda-emagrece, eu parei por último no engorda. O problema é que passar a vida inteira preocupada com o peso é um porre. E a pior parte é ouvir as mesmas soluções e receitas de dieta que você não vai fazer.
Acho que já é hora de deixarmos de ser hipócritas, tudo depende de nós mesmo, as pessoas que falam muito, não fazem nada. Temos que mudar nossos hábitos e correr atrás, ou melhor, na frente e esquecer os problemas e preguiça.
Primeiro, achamos que é somente a parte da entrada, a ingestão de comida que é programada para deixar você obeso e infeliz, mas não ligamos em como vamos gastar esta ingestão de calorias.
O pior é a seqüência de quando vai se pesar para ver se conseguiu emagrecer algumas gramas: Primeiro você tira a roupa, o sapato, a meia e sobe na balança. Não acredita naqueles quilos todos. Aí você faz xixi, escova os dentes, corta as unhas, pra se livrar de mais alguns gramas e sobe na balança de novo. Nada. O ponteiro já está rindo da sua cara e não sai do lugar. Você resolve botar mais coisas pra fora. Chora, corta o cabelo, tira a sobrancelha, depila as pernas, arranca uma obturação. Nada. Dá vontade de pular da janela, mas morrer gordo e pelado é o pior vexame. Melhor ficar vivo com uma roupinha larga. Mas, dizem que enquanto há vida há ex-pelancas e para tudo há uma solução. É só você fazer reeducação alimentar.
Agora sem brincadeiras, temos que sair pra caminhar. Sabe fazer exercícios queima calorias, emagrece ou pelo menos, desengorda!
Vamos dar um rumo em nossas vidas e pelo menos tentar mais uma vez, fazer dieta e exercício físico, pois a vida é muito boa e tenho certeza que vamos viver ainda por muito tempo.

Se não tem jeito, então, não tem jeito. A solução é viver satisfeito!

Um comentário:

  1. Elvira Amélia Veiga16 de junho de 2011 07:28

    Depois dessa crônica alegre e jocosa, a gordurinha se tornou leve pra mim. Que alento!...Que tal nos unirmos na caminhada da vida sem excesso de "gostosura?.......É só começar JÁ. E é isso que vou fazer agora. Me acompanhe...depois me conte.

    ResponderExcluir